domingo, abril 22, 2007

Quinta da Regaleira

Sintra é acima de tudo um local diferente, um lugar de surpresas.. um lugar mágico.. Bem no coração do seu centro histórico, existe uma quinta bela de seu nome Regaleira.

De máquina fotográfica na mão, saí de casa com um único objectivo: Girar e absorver esta quinta, trazendo esta viagem para vocês.


A Quinta da Regaleira é um lugar com espírito próprio. É um lugar para se sentir. Não basta contar-lhe a memória, a paisagem, os mistérios. Torna-se necessário conhecê-la, contemplar a cenografia dos jardins e das edificações, admirar o Palácio dos Milhões, verdadeira mansão filosofal de inspiração alquímica, percorrer o parque exótico, sentir a espiritualidade cristã na Capela da Santíssima Trindade, que nos permite descermos à cripta onde se recorda com emoção o simbolismo e a presença do além.

A culminar a visita à Quinta da Regaleira, há que invocar a aventura dos cavaleiros Templários, ou os ideais dos mestres da maçonaria, para descer ao monumental poço iniciático por uma imensa escadaria em espiral. E, lá no fundo com os pés assentes numa estrela de oito pontas, é como se estivéssemos imersos no ventre da Terra-Mãe. Depois, só nos resta atravessar as trevas das grutas labirínticas, até ganharmos a luz, reflectida em lagos surpreendentes.

Vão a Sintra, comam um travesseiro, uma queijada, ou entrem no Bar-do-Binho para umas tapas e um bom vinho a copo.. mas vão!
Visitem a quinta e absorvam este mundo.

8 comentários:

Canochinha disse...

Realmente, a Quinta da Regaleira é um sítio muito bonito. Adoro Sintra! E os travesseiros da Piriquita :))

Lisa disse...

Belas fotos essas, pá! Até tens algum jeito! E já agora, obrigada pelos parabéns, acho que é mesmo verdade e que faço anos :) Beijinhos da tua mana...

Dias... disse...

Bela descrição e bela escolha, parabéns.
A Regaleira, recomenda-se, sem duvida.
Abraço

Paulo disse...

Fiquei a "conhecer" a Quinta da Regaleira através do livro do JRS - CODEX 632. Falta vê-la in loco :)

Mestre disse...

Parabens pelas fotos, o poço da iniciação é muito marcante desse local "mistico" para quem o visita.

Mais do que a carga "mental" que a quinta nos revela, os jardins e a arquitectura bem originais fazem-na um bom local para passear, terminando o passeio naquela esplanada com vista para o edifício principal.

Mas amigo, não ligues muito a isso das sociedades secretas, há gente que não interessa a ninguém. ;)

Maria Strüder disse...

Já tinha visto umas imagens lindissimas do local, dá sim muita vontade de estar lá.

Eduardo Ramos disse...

Já prometi a mim mesmo ir lá com os meus filhotes, mas tem faltado a oportunidade!

hummmm... um ambiente interessante para mais um capitulo... de "Um conto de...", não?

Lídia Amorim disse...

aí está uma coisa optima para eu fazer no proximo fim de semana!

bigada/*