quinta-feira, novembro 13, 2008

Sabores em Viagem: Restaurante Nood

nood : : food for your soul : :

Ainda se lembra da última vez que saiu de um restaurante com um sorriso nos lábios?

O nood é basicamente um restaurante Japonês de fusão. Se forem ao nood para o sushi, ficarão de certeza surpreendidos não só com a qualidade do produto, mas também pelo apetitoso preço! Mas não é só com sushi que o nood faz despertar os sentidos, a carta contém também uma vasta selecção de pratos quentes e frios que de certeza farão as delícias dos mais exigentes.

Sala: 7
Duas salas com luminosidade média (à noite), o que cria um certo ambiente
lounge nas refeições nocturnas. A sala mais pequena serve a fumadores enquanto a principal a não fumadores. O local é um pouco barulhento logo desaconselhado a quem procura uma refeição sossegada. As mesas são compridas ao estilo de cantina o que proporciona um ambiente mais descontraído. É possível ver todo o trabalho dos cozinheiros, pois a cozinha é totalmente aberta.

Serviço: 7
Um serviço de excelência não é o que se espera de um restaurante com a filosofia do nood, mas sim um serviço que cumpra e se possível com alguma simpatia. No nood os empregados prezam pela simpatia e boa disposição, e a comida não é dada a grandes demoras demonstrando eficiência na gestão dos pedidos.

Refeição: 6
As refeições são baseada na cozinha asiática, e as combinações com ingredientes ocidentais são muito bem conseguidos. Sugiro por exemplo a fantástica
soba de alheira como prato principal, precedida de uma entrada de gyosa de pato ou ebi katsu (camarões tigre panados). A ementa é feita para ajudar os mais indecisos, revelando-se bastante intuitiva e informativa: *Ementa * (edit Jan 2009 - Nem toda a ementa está sempre disponível, ver p.f. comentários)

Loiça: 5
Temos apenas dois pauzinhos e um individual de papel. A única loiça é a que vem para a mesa com a comida, e encontrava-se em bom estado. Talvez em vez do individual de papel ficasse melhor um prato marcador.

Vinho: 5
Um rosé cairia bem de certeza, mas o espírito do nood não é do meu ponto de vista um espírito do vinho, pelo que das vezes que lá fui sempre acompanhei a refeição com Boémia à pressão. No entanto existem cerca de uma dezena de vinhos na carta para os mais fiéis, estando o vinho a copo disponível para brancos e tintos. *Drinks Menu* Classifico com um 5 porque existe vinho a copo, caso contrário, e devido à escolha do vinho ser muito pouca e os preços exagerados, a classificação não chegaria sequer a 5.

Preço/Prazer: 7
De todas as vezes, não me lembro de ter pago mais do que 18€ (por pessoa) o que penso que se justifica pela qualidade dos ingredientes, variedade dos pratos confeccionados, modernidade do espaço aliado à descontracção implícita do local.

Vou várias vezes ao nood e continuarei a ir. Mas porque é que eu gosto do nood? Por um lado pelo seu bom ambiente pois é frequentado por um misto de culturas (muito devido à localização perto do Bairro Alto), por outro lado pela variedade, qualidade e frescura da comida. Por vezes também não quero gastar muito dinheiro, ou não me apetecem grandes degustações e grandes provas de vinhos. Quero apenas sentar, comer bem e pagar pouco.

Se estiverem pela zona do Bairro Alto à procura de um restaurante moderno com ambiente descontraído... lembrem-se do nood, e saiam de lá muito provávelmente com um sorriso nos lábios.

9 comentários:

Isabel disse...

Sim, Nood Recomenda-se!

Dias disse...

Man, tu fazes uns posts inacreditavelmente completos sobre cenas que não posso comentar de forma a te enriquecer minimamente porque me passam absolutamente ao lado.

Nepal e Korea? Sim, sempre!! E Goes for ever mesmo! Mas Japonês, mesmo que de fusão... não obrigado :) sorry mate

Abraço de quem acha que devias ir guardando a maior parte das visitas que nos tens por aqui guiado...

Anónimo disse...

já salivei a ler isto!!!

local a visitar sem falta, obrigado pela dica! :)

Cloud

Pratas disse...

Isa,
Recomenda-se sim. Em boa companhia mais ainda :) 1 Beijo

Dias,
Não te preocupes com isso. Já me enriqueço o suficiente no teu Blog ;) Agora quanto à comida, man, experimenta! :) 1 Abraço

Cloud,
De nada Cloud, vais gostar de certeza. 1 Abraço

Pipa disse...

Mas como é que tu encontras estes sítios??? Ao pé do bairro só conheço tascos caríssimos ou, por outro lado, sítios que são tão caros como parecem ser.
Este parece-me fantástico: "Se estiverem pela zona do Bairro Alto à procura de um restaurante moderno com ambiente descontraído". E por aquilo que dizes não é nada caro!...
Tudo o que eu sempre quis :)
Vou sem dúvida tentar ir lá.
Posso começar a telefonar-te como quem consulta as pai.pt ou as informações do GPS: Tou aqui, queria jantar num sítio assim-assado... Que dizes? :)

Beijinhos

PS - Não queres corrigir "Food your soul"?

Pratas disse...

Pipa,
Obrigado pelo comentário.

Acima de tudo, é uma questão de querer variar. Tento sempre experimentar restaurantes diferentes e evito ir "ao do costume". Por isso decidi criar a rubrica Sabores em Viagem, já que vou a tantos há que aproveitar para os dar a conhecer.

Quanto à concorrência com o GPS ou o pai... acho que ainda estou a milhas :)

Se gostaste, não percas as próximas críticas que aí vêm. (Vê na barra lateral)

Bjinhos

PS: Obrigado pela correcção. Texto corrigido.

Luis Royal disse...

posso ser o primeiro a discordar?

Pratas disse...

Claro Luis, este espaço não é só para quem concorda com o que eu escrevo. Opiniões diferentes querem-se, é sempre útil discutir experiências.

Mas acabas por discordar sem dizer no quê, e isso por si só não enriquece a crítica. Podes ser mais específico?

Pratas disse...

Update Dez 2008: O Nood tem tido problemas com alguns pratos na carta não os tendo disponíveis. Tem acontecido algumas vezes com os "fish melts" o que acho inadmissível. Para além disso, nada vem referenciado na carta nem o cliente é informado. Apenas depois de pedirmos o prato recebemos a informação.

Com a minha irmã aconteceu não terem sushi de salmão porque não havia Salmão??

Mais uma nota negativa e um update na pontuação da comida de 7 para 6.