domingo, novembro 04, 2007

Encontro com o vinho e sabores 2007

Este Sábado participei pela primeira vez neste evento da Revista dos Vinhos. As expectativas eram altas.

Comecei por participar num dos Workshops especiais, a prova Riedel. A Riedel é uma marca de copos líder mundial, que conta com 250 anos de experiência na produção de copos para tipos específicos de vinhos. Cada copo nasce manualmente pelo processo de sopro, e ao que parece, muito em breve será apresentado um novo copo Riedel específico para vinhos do Douro.

Esta prova correu muito bem, e foi de facto espantoso beber o mesmo vinho por copos diferentes e sentir as diferenças abismais! É de facto muito interessante e talvez um dos motivos para muita gente não gostar de vinho... Joker glass? Como ponto menos positivo, realço o facto de apenas no início do Workshop terem revelado que o mesmo iria acontecer em Inglês. Apesar de dominar a língua, senti que grande maioria das pessoas na sala tinham algumas dificuldades. Ou faziam o WS em Português, ou colocavam na publicidade do evento esta informação em avanço.

Durante o evento provei mais de 50 vinhos diferentes, brancos, tintos, rosés, colheitas tardias, moscatéis... Muitos ficaram por provar... Só não toquei nos Whiskys e nos Portos... Whisky num evento de vinho? Alguém me explica?

Não vou aqui falar de todos os vinhos que gostei porque foram demasiados, apenas vou referenciar alguns dos que me marcaram mais.

Destaco os novos tintos do enólogo Mark Stephen Schultz, muito fáceis de beber... O novo vinho Virtuus e o Garrafeira da Herdade do Meio também me deixaram boas marcas. Um Dolium muito bem feito também se mostrou em forma, assim como a nova aposta da Herdade das Servas, o bivarietal HS Syrah/Touriga Nacional. Adorei também o perfil do tinto PRETA, e não poderia deixar de referenciar dois vinhos bem ao meu estilo, Fosco e Arrepiado são dois vinhos que prometem dar que falar...

Como brancos, vou destacar o Quinta da Murta Arinto e um Domingos Soares Verdelho de José Maria da Fonseca. Dois belos brancos...

Ao longo das provas a língua foi ficando viciada e taninosa tornando cada prova seguinte menos rigorosa. Não foi por isso que desisti, e com algumas bolachas pelo meio, lá segui pelos stands de copo na mão. Quando terminei, fiz as contas e estive cerca de 6 horas na FIL... tempo muito bem gasto...



Aproveito e agradeço de coração a uma alma bela que me deixou uns convites... A ti te deixo um Veijo, e um oVrigado!

12 comentários:

Isabel disse...

:-) :-)

Isabel disse...

FIL de fim de semana.
Pelos vistos, a FIL fez parte do fds de muita gente.... Amigo Luis tenho a reforçar que:
Preta (foi um excelente vinho em 2004, pelo que ouvi dizer este ano está ligeiramente diferente, não deixando de ser exuberante, rico e "guloso" com as suas T. Nacional e Cab. sauvignon).
FOSCO gostei de conhecer, está curioso..... percebo-te!
S de Soberana 2004......que grande promessa das T. Sado.
E para finalizar, já que não falas de Moscateis....a grande surpresa
Moscatel Roxo 1998 de Domgs Soares Franco..... que delícia, nota quase máxima!
(livra-te de apagares algo ;-) ;-)
P.S. castigo fazer 1 auditoria MTudo

Lisa disse...

Epa, deve ter sido uma bela prova de vinhos essa! Se estivesse por aí, tinha-te cravado para ir contigo. Já se sabe que a minha preferência iria para os vinhos brancos e rosés, mas os tintos também seriam bem vindos. Ficará para uma próxima :)

Dias disse...

Se não tivesse sido escrito por ti, não tinha passado do segundo paragrafo.

Eu não gosto (nem percebo) absolutamente nada de vinhos, e tu ainda vais ao detalhe (naturalmente) dos copos...

"taninosa" Cool, se me lembrar hei-de utilizar o verbo.

Whiskys - Quem estava a patrocinar o evento?

Não tocaste nos Portos porque te iriam arruinar ainda mais o palato, ou porque não aprecias em particular?

Abraço

Canochinha disse...

A primeira foto está um bocado desfocada... Cá para mim quem ta tirou já não estava a 100% :)))))

Eduardo Ramos disse...

Deixa-me adivinhar... chegaste a um ponto onde já "provavas" por dois copos ao mesmo tempo... e vieste de taxi para casa!?

Pratas disse...

Isabel,
Castigos não, senão não há gelado para ninguém :)
Moscatel, provei o Roxo da Bacalhôa que é mel...

Lisa,
Com sorte para o ano estarás cá e poderás participar também :)

Dias,
No mundo dos vinhos podemos encontrar termos e palavras muito aplicáveis a outros contextos.
Quanto aos Whiskys, não tenho aqui ao pé a lista de stands para te responder...
Portos, gosto, mas não tive tempo... eram tantos stands...

Canochinha,
O efeito desfocado foi propositado e feito no Gimp ;) A pessoa estava bem :)

Eduardo,
Não foi preciso vir de táxi. Em cada stand havia um cuspidor de vinho para ser utilizado. Não fossem eles, não teria passado do 3º stand... Eu bebo vinho, não o provo, mas neste evento não havia alternativa se quisesses provar a quantidade de vinhos que eu provei.. O álcool não perdoa.

Miguel Ferreira disse...

Com imensa tristeza que não te acompanhei neste evento...

Certamente pró ano estarei lá e para retirar as minha notas...

Tenho mesmo faltado aos treinos!

Um abraço

Benfiquista disse...

E que bom que é o vinho!!!!
Ele consegue satisfazer-nos nos momentos mais tristes.

Cumprimentos do Graça

Anónimo disse...

Miguelinho....já é o 2º que faltas......, lá terei que te castigar também ;-)

Pratas não sejas vingativo, promises are always promises!
P.S. espero que tenhas já de reserva, 1 garrafita desse mel....,para estar no centro da mesa,com as cadeiras e pouco mais ;-)

Lídia Amorim disse...

muito giro na foto!

bjokas*/

Paulo disse...

Acreditas que lembrei-me de ti quando estava a dar uma reportagem sobre este evento na TVI? É o que as e-amizades.
Belas fotos.