sexta-feira, maio 09, 2008

8 dias, 7 noites... 2ª parte

(...) Chegando ao Douro, de imediato ficámos estupefactos com os bonitos vales... Decidimos ficar alojados em Lamego, uma cidade fantástica e de monumentos imponentes, como é exemplo o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios!



A viagem prosseguiu para um dos locais cuja curiosidade era muita, a famosa Casa de Mateus tão conhecida pelos doces Mateus e vinhos Lavradores de Feitoria. A quinta é lindíssima, acho que as fotos que tirei falam por si... Infelizmente a simpatia do enólogo José Carlos Fernandes podia ter sido melhor, ora depois de nos dizer para esperarmos um pouco para fazer umas provas, simplesmente fechou-nos a porta momentos depois sem qualquer justificação... simpático este Sr. ...



Seguindo viagem, seguimos para outra quinta muito conhecida da rota do Douro. Fomos muito bem recebidos na Quinta do Portal onde acompanhados numa visita completa muito bem explicada, acabámos numa prova de Portos Colheita e de tintos desta casa. Descendo uns bons metros por uma estrada de areia mesmo ao lado da sala de provas, encontrámos a magnífica Casa das Pipas... Passar uns dias aqui não seria nada mau com certeza!



O vale do Douro é lindíssimo, e no último dia ainda fizemos uma descida de barco pelo rio Douro até à linha que delimita o Douro Vinhateiro... Partimos da Régua e navegámos rio abaixo...



Inesquecível foi um jantar muito especial no restaurante D.O.C. sobre o rio Douro, mesmo depois de uma viagem que demorou uma hora a mais do que era previsto... uma viagem até assustadora até Armamar pelos vales escuros do Douro que passou por um imenso stress e acabou num imenso alívio! No final valeu a pena...

Abandonado o Douro entrámos no Dão em direcção à Serra da Estrela... pelo caminho encontrámos uma quinta esplendorosa... uma quinta que terei oportunidade de vos falar muito em breve...

Continuação em breve...

11 comentários:

Mestre disse...

O Douro...essa região que transpira Portugal e sente o vinho correr como se o sangue do país se tratasse. Terra de bons nectares e boa gente, pena não teres ido à Régua, era só um tirinho e as vistas são deslumbrantes.

Pratas disse...

Tive na Régua sim ;) Algumas das fotos do Douro, nomeadamente do passeio de barco foram tiradas na Régua. Aliás, quando nos perdemos foi no caminho da Régua para Armamar...

Dias disse...

Buenas parceiro

Não tiveste sorte com a Luz mas deixa-me dar-te os parabéns pelos enquadramentos.

Abraço

(bom som ;)

sedi disse...

Grandes fotos, grandes férias!

Abraço

Miguel Ferreira disse...

É com tristeza que te digo que ainda não conheço esta região. Mas não será por muito tempo...
Gostei das fotos no seu geral menos 1 na Casa de Mateus onde aparece um rapaz com perturbações mentais... :) hehe

Aguardamos as fotos da Quinta de la Rosa...

Miguel Ferreira disse...

Espera... A Quinta de la Rosa é no Douro! :)

Aguardamos novidades

Pratas disse...

Pois Miguel, infelizmente não tenho fotos da Quinta de la Rosa porque eles não quiseram.

Eu bem tentei, estive na Quinta mas como cheguei 30 minutos ANTES das visitas acabarem, a senhora que por lá estava não quis mostrar a quinta nem sequer vender garrafas. Fantástico não?

La Rosa tem vinhos fantásticos, mas não têm respeito pelas pessoas que fazem quilómetros para os visitar.

Lídia Amorim disse...

já tirei alguns aponatmentos... :)

Agora que vou tar de férias tenho de arranjar sitios para visitar e revisitar :P

beijokas!

Lídia Amorim disse...

Tb adoro akela música! :)

eheheheh

Agora tenho lá outra k tb adoro!

figueirinha disse...

É fácil viajar no teu blog :)
Belas fotos do norte, carago!

Pratas disse...

Lídia: Também adoro esta música ;) Jinhos

Figueirinha: Obrigado ;) Volta sempre pois és bem vinda.
Jinhos