sábado, setembro 20, 2008

Dão - The Century Party

Parabéns ao Dão, mas não tanto à festa... Vistosa de de ver mas algo despida de carácter...


A entrada prometia sensações de cores rosadas, com staff vestido à época e glamorosas formas de vestir... Espaço excelente, bem decorado e com áreas ao ar livre e bom serviço. Copo de vinho na mão e cuspideiras inexistentes a promover a originalidade, afinal a noite era para beber e não para falar de vinho.

Flash, câmaras, acção morta. Um circo de jaulas e tigres de bengala caído literalmente do céu, sem qualquer fundamento ou mera introdução. Pirotecnia vergonhosa e pouco merecedora de palmas. Pessoas do meio no meio de pessoas do mundo, mistura estranha e extravagante de pessoas de estilo ou de um estilo de pessoas, já não sei... Final de festa estilo Rave Party com DJ convidado, moderna e talvez algo desadequada ao tema.

Uma festa exuberante no nariz, mas que desiludiu na boca... faltou o corpo e a alma. Um Dão sinistro este que nada tem a ver com o espírito do vinho.

5 comentários:

Eduardo Ramos disse...

... a crise também chegou aí?
Dessa maneira para o ano vais mesmo a correr para lá, não é?

Eu acho que aquela vinho é publicidade enganosa.
Diz sempre que Dão... mas se o quiseres tens sempre que o comprar.

Pratas disse...

Por acaso na festa o Dão era efectivamente dado :)

disse...

"Pessoas do meio no meio de pessoas do mundo" - «Inspirativo».

Pelo menos a tentativa de uma festa fora do comum. Tem valor.

Obrigada pelo carinho

bjs

Dias disse...

Armado em Velho do Restelo, meu caro?
Você é um jovem, ainda está a tempo de acompanhar o Dão a-la seculo XXI :)

Tu, pelo teu meio, sentes ainda mais o passar dos tempos pela tradição que devia ser imutavel!
(acho que ainda trabalho para uma revista de equitação, ai, os Marialvas não deixam alterar nada do que é tradicional, nada! E como eu os gosto...)

"exuberante no nariz, mas que desiludiu na boca"
Isto é EXCELENTE!!

Abraço

Lídia Amorim disse...

a carcaça nunca revela o que lá vai dentro... :)

bjokas