domingo, julho 15, 2007

Abstenção

63% de abstenção num Domingo sem praia. Qual é a desculpa agora?


Estás fantasma por cada esquina... daqui a poucos anos ninguém viverá em ti... és apenas uma questão de tempo...

Usada para curtir, não és usada para viver... Estão a dar cabo de ti.. lentamente...

Gostamos de te visitar, de te viver, mas não sentimos que és nossa... somos forasteiros dentro de ti, pelas tuas ruas. Bonita e moça já foste, hoje és idosa.. sozinha... és Lisboa triste.

Identidade, realidade abstenção.

6 comentários:

Canochinha disse...

É realmente muito triste. É o desinteresse total e completo. Cada vez tenho menos orgulho deste povo de que faço parte, que a única coisa que sabe fazer bem é criticar os nossos governantes. Quando lhe é dada a oportunidade de poder manifestar o seu desagrado, alheia-se e vai passear para o Colombo (ontem de tarde estive lá e era uma multidão incrível).

Dias... disse...

Carissimo... levanto o rabo da poltrona para de pé apludir esta sua faceta finalmente revelada.

Parabéns parceiro, grande post!
Deixei para 2º plano o titulo e a primeria frase, irmãos menores, leit motivs desnecessarios. Tudo o resto é brilhante!

Bem escrito, bem pensado, perspicaz, incómodo, pragmatico, ritmado... repito-me: que grande post Sr Pratas, parabéns.

Abraço

Lídia Amorim disse...

é verdade....

hoje é apenas uma Lisboa triste...

Todos os dizem, todos o sentem....

beijinhos! :p

Miguel Ferreira disse...

É muito simples...
O Povo não queria, nem quer, eleições.
Quem as quer são alguns interesses politicos...
Resultado a vergonha que se vê!
O que me incomoda? É que eles nem se incomodam!!!

Bia disse...

A desculpa é a mesma de sempre, as pessoas são preguiçosas e completamente desinteressadas da vida política...

Mestre disse...

Sinti-me uma gota num deserto de alfacinhas, mas não deixei de fazer a minha parte.
Com 12 candidatos, era dificil não ter ninguém em quem votar, a cidade merecia mais.

Grande post amigo, estás um lisboeta "assimilado".