sábado, agosto 04, 2007

Ubuntu + Compiz Fusion

Rendi-me. Agora tenho o controlo total do meu desktop... Porque é que não descobri isto mais cedo?
EDIT: Novo Vídeo!

O Ubuntu é um sistema operativo baseado em Linux, logo gratuito, que pode correr num PC mesmo sem grandes especificações. É sacar do site oficial e gravar num CD. Agarrei num disco de 30GB que tinha por aqui em casa e liguei-o como segundo disco. Fiz o boot directamente do CD do Ubuntu e num minuto apareceu o Desktop. Carreguei no icon para instalar e seleccionei o 2º disco para formatar e instalar o Ubuntu. DONE! Agora ao ligar o PC é só escolher se vou para o Windows ou para o Ubuntu.

O Ubuntu já trás de origem tudo o que necessito para trabalhar, OpenOffice.org, Firefox, Pidgin (multi-protocol Instant Messaging client), GIMP (tipo Photoshop mas gratuito), etc...

Depois... bem.. depois é perder uns dias a explorar e aprender o novo sistema operativo e instalar o Compiz Fusion (que virá instalado de origem na próxima versão do Ubuntu) para descobrirem o mundo virtual que podem ver no vídeo...
Infelizmente esta instalação não é só correr um ficheiro no Windows, mas é relativamente fácil seguir os passos com algum tempo e paciência que vão valer a pena.

7 comentários:

Teresa Duraes disse...

(não sei se o comentário é inteligente mas....)

em França o estado aprendeu que o software opensource é realmente o melhor (como se chama a todo o software em que se tem acesso à fonte)

A Biblioteca Nacional de Portugal utiliza bastante e ainda outros lugares. Anda tudo a fugir ao Bill (Gates)

eheheh

Pratas disse...

Claro que é inteligente :) eu por exemplo não sabia que usavam na nossa Biblioteca Nacional, o que é desde já acho uma excelente ideia.

Eduardo Ramos disse...

Pratas.
Já uso isso há já algum tempo.
Depois de matares a cabeça algumas horitas... vais perceber uma coisa.
Linux é um bomba do caraças. Tem limitações, sim... e geralmente porque os fabricantes não disponibilizam drivers específicos, mas mesmo algumas coisas correndo a meio gás, envergonham outras Windoescas que deviam ser "aviões".

Pratas disse...

Sim, começo a perceber isso. Já tinha usado Linux na universidade, mas nunca cheguei bem a perceber o espírito da coisa.

Agora parece que o linux chegou ao meu dia-a-dia para ficar, vamos ver com o tempo.

Dias... disse...

O seu a quem sabe, limito-me a opinar sobre o anuncio em si:
Passam demasiado tempo a anunciar "efeitos", o que pode levar o utilizador a pensar que não existirá muito conteudo, um erro.

(quando surgiu o firepaintplugin interroguei-me se não estarias a gozar connosco...)

Pratas disse...

:)lol Compreendo, o firepaint não tem utilidade nenhuma...

Já os múltiplos desktops e as aplicações pré instaladas no Ubuntu, dão um jeitão e custam 0€ de uma forma legal.

Paulo disse...

Isto tudo é mandarim para mim... :(